Inscrições para o SISU 2015 começam no dia 8 de junho

Inscrições começam no dia 8 de junho e vão até o dia 10 de junho.

As inscrições para a edição do primeiro semestre de 2015 do Sistema de Seleção Unificada (SISU) serão abertas no dia 8 de junho. O Ministério da Educação publicou o edital do processo seletivo no dia 29 de maio no “Diário Oficial da União”. De acordo com o cronograma, as inscrições poderão ser feitas até as 23h59 do dia 10 de junho (horário oficial de Brasília).

O Sisu é um sistema que seleciona estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para as instituições públicas do ensino superior. As inscrições deverão ser feitas pelo site do Sisu. Nesta edição, a única nota válida no Sisu é a do Enem 2014, desde que o candidato não tenha tirado nota zero na prova de redação.

O processo seletivo do Sisu terá uma chamada e o resultado, que será divulgado no dia 15 de junho, poderá ser consultado na página do Sisu na internet. A matrícula deverá ser realizada nos dias 19, 22 e 23 de junho na instituição em que o aluno foi selecionado.

Para fazer parte da lista de espera, o candidato deve entrar no site do Sisu entre os dias 15 e 26 de junho. As universidades terão de 19 a 26 de junho para informar as vagas disponíveis no site.

Como participar

Ao acessar o sistema, os estudantes poderão checar todas as vagas disponíveis para a seleção. Porém, cada estudante poderá se inscrever em duas opções de vagas. No ato da inscrição, será preciso escolher, em ordem de preferência das vagas, a instituição, o local de oferta, o curso e o turno em que ele é ministrado.

Entre os dias 8 e as 23h59 do dia 10, o estudante poderá trocar suas opções no sistema quantas vezes quiser, e também cancelar sua inscrição. Durante o período, o Sisu informará a nota de corte de cada curso e turno, ou seja, a nota mínima para ser aprovado naquele curso, segundo o número total de inscritos e o número de vagas oferecidas. O Sisu considera apenas as últimas opções cadastradas no momento do fechamento das inscrições.

Na hora de fazer as duas opções de vaga, o candidato deve escolher uma das três modalidades de concorrência: a concorrência pelo sistema de cotas que segue a lei federal, a concorrência pelo sistema de ação afirmativa determinado pela instituição de ensino que oferece a vaga, e a ampla concorrência.

FONTE: G1

,