Forças Armadas vão atuar para evitar fraudes no ENEM

O Ministério da Defesa vai ajudar na logística do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que acontece neste ano nos dias 5 e 6 de novembro.

A decisão foi tomada após pedido do Ministério da Educação para evitar fraudes e, também, devido ao tamanho do exame, tanto em número de candidatos quanto em número de cidades onde as provas são aplicadas.

O Ministério da Educação pediu o auxílio das Forças Armadas para guardar as provas de forma segura, já que o exame é a maior porta de entrada para o ensino superior.

A chamada Operação ENEM está prevista em autorização publicada nesta segunda-feira, 18 de julho, no Diário Oficial da União. De acordo com a medida, os militares darão apoio ao MEC para a realização das provas. A atuação vai acontecer por meio de repasses do INEP, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, ao Ministério da Defesa. A parceria existe desde 2009, quando houve um roubo de provas.

Funcionários do consórcio responsável pela aplicação do Exame à época roubaram o material dentro da gráfica e a prova teve de ser adiada às vésperas da realização do ENEM, prejudicando cerca de 4 milhões de inscritos.

Fonte: Radioagência Nacional

, , ,