7 maneiras de ajudar alguém com a ansiedade

Comentários desativados em 7 maneiras de ajudar alguém com a ansiedade

Dizer “não se preocupe” não é uma delas.

Ver alguém com quen você se importa lidando com a ansiedade é difícil de assistir, e entes queridos podem muitas vezes se sentir impotentes. Mas há algumas coisas que você pode fazer para ajudar – dizer-lhes para “parar de se preocupar” definitivamente não é uma delas.

Psicólogos do aplicativo Remente (um app de desenvolvimento pessoal e bem-estar mental) aconselham sobre o que exatamente deveríamos fazer para ajudar alguém que sofre de ansiedade.

1. Procure saber mais mais

Quando se trata de ajudar alguém com a ansiedade, a primeira coisa que você precisa fazer é descobrir mais sobre o que é ansiedade e, especialmente, o que significa para o seu amigo/pessoa amada. Comunique-se de forma tão aberta quanto possível, mas também conduza sua própria investigação lendo tudo o que puder sobre a condição para descobrir o que outras pessoas experienciam. Quanto mais você souber, mais apoio que você será capaz de oferecer.

2. Ouça

Às vezes pode ser difícil entender por que alguém está se sentindo ansioso sobre certas coisas, por isso não deixe de perguntar e ouvir. Para muitas pessoas com ansiedade, os pensamentos podem se tornar tão superlotados e emaranhados que, mesmo que eles não saibam necessariamente o que está os incomodando, ouvi-los pode ajudar a organizar seus pensamentos e fazê-los se sentir mais calmos.

3. Seja paciente

Muitas pessoas com ansiedade são propensas a tirar conclusões precipitadas e, por vezes, estas conclusões podem ser bastante negativas, o que pode levá-los a pensar que seus entes queridos estão insatisfeitos ou com raiva deles. Em vez de ficar frustrado e irritado com isso, você deve encontrar tempo para conversar calmamente sobre a situação e encontrar uma solução viável para a próxima vez que seu ente querido ficar ansioso.

4. Não banalizar

Ao mesmo tempo que você não deve confirmar ansiedades de alguém, nunca é uma boa idéia dizer uma pessoa ansiosa para “simplesmente acabar com ela” ou “parar de se preocupar”. Assim como quando você se sente triste e quer que as pessoas simpatizem com você, o mesmo acontece com as pessoas com ansiedade. A grande maioria dos doentes sabem que os seus medos e preocupações são irracionais, mas eles não precisam de você para dizer-lhes isso de novo e de novo. Em vez disso, apenas ouça-os e deixe que o episódio de ansiedade passe.

5. Mantenha-os acompanhados

Uma pesquisa recente da Universidade de Oxford descobriu que pessoas com grandes círculos de amigos apresentam limiares de dor mais elevados e isso é algo que pode ser facilmente aplicado a ansiedade. Sair com os amigos e entes queridos aumenta os níveis de endorfina, tornando a pessoa ansiosa feliz, assim como os distrai de suas preocupações. Se um amigo ou um ente querido está se sentindo particularmente ansioso, pergunte se eles gostariam de fazer algo, seja apenas com você ou com um grupo maior de amigos. No entanto, quando você os tirar de casa, mantenha o seguinte em mente…

6. Não force a barra com eles

Um dos problemas com ansiedade é que ela pode deixar as pessoas se sentindo absolutamente exaustas. Se alguém que você conhece sofre de ansiedade, é provável que essa pessoa muitas vezes esteja muito tensa, tanto física como mentalmente, o que pode ser absolutamente cansativo. É importante se lembrar disso caso você esteja tentando fazer o seu amigo ansioso ser mais ativo e fazer mais coisas, às vezes eles podem estar cansados e não apenas relutantes.

7. Cuide de si mesmo

Se você passar muito tempo com alguém que tem a ansiedade, às vezes ela pode começar a afetar a sua própria saúde mental. Quando você começa a se sentir sobrecarregado ou estressado, certifique-se de separar um tempo para si e fazer algo que você gosta. É sempre melhor dar um passo para trás e relaxar, já que ficar estressado em volta de uma pessoa ansiosa pode simplesmente deixá-los estressados como resultado, desencadeando uma cadeia nada saudável.

Fonte: Cosmopolitan