Cochilos podem amenizar prejuízos de noites mal dormidas

Comentários desativados em Cochilos podem amenizar prejuízos de noites mal dormidas

Estudo constata que cochilos podem restaurar hormônios e proteínas produzidos pelo estresse.

Uma breve soneca pode ajudar a aliviar o estresse e fortalecer o sistema imunológico de pessoas que dormiram apenas duas horas na noite anterior, afirma um estudo publicado na revista da americana Sociedade de Endocrinologia.

Os cientistas destacam que a falta de sono é um problema de saúde pública e que o sono insuficiente pode contribuir para a redução da produtividade, entre outros problemas. Além disso, as pessoas que dormem muito pouco são mais propensas a desenvolver doenças crônicas como obesidade, diabetes, pressão alta e depressão.

Na pesquisa, quase três em cada 10 adultos relataram que dormiram uma média de seis horas ou menos por noite.

— Nossos resultados sugerem que um cochilo de 30 minutos pode reverter o impacto hormonal de uma noite de sono ruim — disse um dos autores do estudo, Brice Faraut.

O trabalho examinou a relação entre hormônios e sono em um grupo de 11 homens saudáveis, com idades entre 25 e 32 anos.

Na primeira sessão, os homens foram limitados a duas horas de sono na noite. Numa segunda etapa, os participantes puderam ter 30 minutos de cochilo após dormirem duas horas na noite anterior.

Depois de uma noite de sono insuficiente, os pesquisadores descobriram que os homens tiveram um aumento de 2,5 vezes nos níveis de norepinefrina — um hormônio e neurotransmissor envolvido na resposta do corpo ao estresse. A norepinefrina também aumenta a frequência cardíaca, a pressão arterial e os níveis de açúcar no sangue.

Porém, nenhuma alteração nos níveis de norepinefrina foi identificada quando os homens puderam cochilar após uma noite de sono insuficiente.

A falta de sono também afetou os níveis de interleucina-6, uma proteína com propriedades antivirais. Os níveis caíram depois de uma noite mal dormida, mas manteve-se normal quando os indivíduos foram liberados para tirar uma soneca. As alterações, portanto, também sugerem que sestas podem ser benéficas para o sistema imunológico.

Fonte: Zero Hora