Nuvem de palavras: Câncer

Comentários desativados em Cientista japonês ganha o Nobel de medicina

O japonês Yoshinori Ohsumi ganhou o prêmio Nobel de 2016 de medicina

O japonês Yoshinori Ohsumi ganhou o prêmio Nobel de 2016 de medicina e fisiologia por sua descoberta de como as células se degradam e reciclam seu próprio conteúdo, o que pôde levar a um melhor entendimento sobre doenças como câncer, Parkinson e diabetes tipo 2.

“As descobertas de Ohsumi levaram a um novo paradigma em nosso entendimento de como a célula recicla seu conteúdo”, disse a ...

Leia mais

Comentários desativados em Curcumina pode auxiliar no combate ao câncer de cérebro

Testes com animais indicam que a substância que dá cor ao curry inibe o crescimento de tumores cerebrais

Há alguns anos, a curcumina, princípio ativo do açafrão-da-Índia (Curcuma longa) responsável pela coloração amarelo-alaranjada do curry, tem ganhado espaço nas revistas e sites voltados à saúde e ao bem-estar...

Leia mais

Comentários desativados em Legiões de nanorobôs atingem tumores cancerígenos com precisão

As legiões de agentes nanorrobóticos são, na verdade, compostas de mais de 100 milhões de bactérias flageladas – e, portanto, autopropulsionadas – e carregadas com drogas que se movem pelo caminho mais direto entre o ponto de injeção da droga e da área do corpo para curar.

Pesquisadores da Escola Politécnica de Montréal, Universidade de Montréal e da Universidade McGill conseguiram um avanço espetacular na pesquisa sobre o câncer...

Leia mais

Comentários desativados em Álcool está relacionado a sete tipos de câncer, diz estudo

Revisão levou em conta pesquisas publicadas nos últimos 10 anos. Álcool provocou cerca de 500 mil mortes por câncer em 2012.

O consumo de álcool está diretamente relacionado à ocorrência de sete tipos de câncer, segundo uma revisão de estudos publicada nesta quinta-feira (21 de julho) pela revista científica “Addiction”...

Leia mais

Comentários desativados em A defesa contra o câncer

Fortalecer o sistema imune do próprio corpo está produzindo resultados promissores na luta contra a malignidade

Se Michelle Boyer tivesse recebido seu diagnóstico de câncer de pele avançado e agressivo em 2010, em vez de em 2013, ela quase certamente estaria morta agora. Um melanoma, a forma mais letal de malignidade cutânea, tinha se espalhado de uma pinta em suas costas para seus pulmões, e ela sabia que seu prognóstico era sombrio...

Leia mais